Casa Verde e Amarela: saiba como fazer simulação e participar do programa

O Casa Verde e Amarela oferece aos brasileiros a possibilidade de realizar uma simulação para conferir as condições de participar do programa habitacional do Governo Federal.

A Casa Verde e Amarela é um programa social do Governo Federal para fomentar o acesso da população de baixa renda à casa própria. Para isso, oferece a possibilidade de fazer simulação de financiamentos para participar do programa, com base na renda mensal familiar.

Leia também

O programa possui diversas frentes de atuação para combater o déficit habitacional no país, como a produção de moradias subsidiadas e locação social. Portanto, segue os pilares da regulação fundiária e da melhoria habitacional para a população brasileira.

Como fazer simulação e participar do programa Casa Verde e Amarela?

Casa Verde e Amarela: saiba como fazer simulação e participar do programa
Foto: Reprodução / Pixabay.

Em primeiro lugar, a simulação está disponível para os brasileiros interessados na contratação da Casa Verde e Amarela pelo site da Caixa Econômica Federal. Neste sentido, faz parte da operação de financiamento com recursos do FGTS, chamada de Crédito Habitacional Recursos FGTS – Habitação Popular.

Para realizar a simulação, os usuários precisam informar qual é a opção de financiamento ou do empréstimo a ser realizado pelo Real Fácil Caixa, assim como o valor desejado. Neste caso, deve-se sinalizar se o financiamento será feito para uma pessoa física ou jurídica.

O formulário da Caixa Econômica também solicita que o cidadão informe o valor da obra ou reforma, se possuir financiamento habitacional Caixa e qual o valor aproximado do imóvel. Outras informações são relativas à localização do imóvel, dados pessoais e opções específicas para a realização do cálculo.

No final do preenchimento, o portal calcula as condições de financiamento de acordo com a faixa de renda e a localização do imóvel. Sendo assim, é possível financiar a compra de um imóvel novo ou usado, assim como a construção da moradia numa área urbana ou rural a partir do programa Casa Verde e Amarela.

Quem tem direito ao Programa Casa Verde e Amarela?

No geral, o financiamento de moradia em área urbana prevê até 35 anos para o pagamento do imóvel, com taxas de juros e descontos concedidos conforme o grupo de renda que o cidadão está inserido. Neste caso, são atendidos os cidadãos que possuem renda mensal bruta entre R$ 2,4 mil e R$ 8 mil.

O desconto concedido chega ao valor máximo de R$ 47,5 mil. Para o cálculo, considera-se os fatores sociais, assim como a situação de renda, as condições de pagamento e as características da região, tanto as geográficas quanto as populacionais. A contratação é feita diretamente pela Caixa Econômica Federal.

Os brasileiros inseridos dentro da faixa de renda prevista podem contratar individualmente ou através de uma construtora vinculada a empreendimentos financiados pela instituição financeira. Portanto, pode-se acionar a contratação por meio de uma entidade organizadora que possua relações com a Caixa.

A Caixa realiza uma análise documental do solicitante, assim como uma análise minuciosa do imóvel escolhido para calcular as melhores condições de financiamento. Posteriormente, é emitido um contrato de financiamento com a validação e aprovação do cadastro.

Os brasileiros interessados na contratação podem acessar a cartilha de direitos e deveres do contrato antes de efetuar a solicitação no site da Caixa Econômica Federal. Além disso, é possível solicitar atendimento especializado para o Casa Verde e Amarela através dos canais de contato da instituição.

Leia também


você pode gostar também

Auxílio Brasil dobrado em dezembro: veja quem pode receber até R$ 1,2 mil

Auxílio Brasil dobrado em dezembro é uma possibilidade para pessoas que cumprirem regras específicas do programa.

BPC bloqueado ou suspenso? Saiba como reativar o benefício de R$ 1,2 mil

Falta de atualização cadastral é um dos principais motivos para o bloqueio do benefício, pago a um grupo específico de contribuintes previdenciários.

Aposentadoria: saiba quem tem direito ao adicional de 25% no valor

Alguns aposentados do INSS têm direito a receber um adicional de 25% no valor de seus benefícios mensais. Veja como funciona essa regra.

BPC: saiba se o benefício pode ser acumulado com aposentadoria

Por ter natureza assistencial, o BPC gera algumas dúvidas em seus beneficiários. Uma delas é se o benefício pode ser acumulado com aposentadoria. Se você também tem essa dúvida, confira neste texto a resposta.

Minha Casa Minha Vida: comissão aprova projeto para renegociação de dívidas

O objetivo do projeto é oferecer aos beneficiários a oportunidade de regularizar sua situação com descontos sobre multas e juros moratórios. Descubra neste texto o que falta para o projeto virar lei.

Salário-Maternidade Urbano do INSS: veja regras oficiais e como solicitar

Benefício é cedido a pessoas que precisam se afastar do trabalho ao completarem uma gestação e em outras situações como adoção, por exemplo.