Calendário INSS setembro: lote começa a ser pago nesta semana

O calendário INSS para o pagamento do novo lote, referente ao mês de setembro, começará no próximo dia 26. Saiba os detalhes.

Todos os aposentados, pensionistas e inscritos no BPC devem ficar de olho nas datas de pagamento do calendário do INSS de setembro, que começará nesta semana. Normalmente, iniciado no fim do mês, os valores costumam ser repassados até os primeiros dias do mês subsequente.

Leia também

Segundo o Instituto Nacional do Seguro Social (INSS), mais de 36 milhões de brasileiros estão aptos a receber as transferências, sendo que 60% recebem até um salário mínimo, e apenas 1% possuem direito ao teto, que está no momento em R$ 7.087,22.

Os demais beneficiários recebem valores que ficam entre os dois limites informados. Seja como for, é importante lembrar que todos os que possuem parcelas acima de um salário mínimo são guiados por um calendário diferente.

Calendário INSS: lote de setembro

Calendário INSS 2022
Calendário INSS 2022. Foto: Divulgação / INSS

O calendário INSS segue a base do Número de Beneficiário (NB). Para manter aposentados e pensionistas organizados, apenas o penúltimo dígito de cada número de beneficiário é considerado, e é ele que permite que o auxiliado saiba quando terá o valor da sua parcela liberado.

Para aqueles que recebem um salário mínimo, atualmente corresponde a R$ 1.212, estão organizados da seguinte maneira:

  • Penúltimo dígito do Número de Beneficiário 1: 26 de setembro de 2022;
  • Penúltimo dígito do Número de Beneficiário 2: 27 de setembro de 2022;
  • Penúltimo dígito do Número de Beneficiário 3: 28 de setembro de 2022;
  • Penúltimo dígito do Número de Beneficiário 4: 29 de setembro de 2022;
  • Penúltimo dígito do Número de Beneficiário 5: 30 de setembro de 2022.
  • Penúltimo dígito do Número de Beneficiário 6: 3 de outubro de 2022;
  • Penúltimo dígito do Número de Beneficiário 7: 4 de outubro de 2022;
  • Penúltimo dígito do Número de Beneficiário 8: 5 de outubro de 2022;
  • Penúltimo dígito do Número de Beneficiário 9: 6 de outubro de 2022;
  • Penúltimo dígito do Número de Beneficiário 0: 7 de outubro de 2022.

Para os beneficiários que receberão parcelas com valores acima de um salário mínimo, o calendário é o seguinte:

  • Penúltimo dígito do Número de Beneficiário 1 ou 6: 03 de outubro de 2022;
  • Penúltimo dígito do Número de Beneficiário 2 ou 7: 04 de outubro de 2022;
  • Penúltimo dígito do Número de Beneficiário 3 ou 8: 05 de outubro de 2022
  • Penúltimo dígito do Número de Beneficiário 4 ou 9: 06 de outubro de 2022;
  • Penúltimo dígito do Número de Beneficiário 5 ou 0: 07 de outubro de 2022.

Como consultar os pagamentos?

Os pagamentos do INSS são realizados após 15 dias da data de concessão para os beneficiários que atenderem os critérios de elegibilidade do programa. As primeiras transferências são realizadas para o banco indicado pelo instituto, mas depois é depositado segue para instituição financeira de escolha do cidadão.

Os beneficiários e segurados podem realizar a consulta dos pagamentos por meio dos canais oficiais do instituto. Dessa maneira, é possível entrar em contato com os atendentes ligando gratuitamente para o telefone 135, mas o atendimento fica disponível entre segunda e sábado, das 7h às 22h.

Além disso, o INSS disponibiliza consulta por meio do site do Meu INSS, e também pelo aplicativo. Disponível para Android e iOS, deve possuir informações cadastradas na plataforma Gov.br para realizar o login e consultar os valores a serem recebidos do instituto.

Reajuste para 2023

Para 2023, é provável que o pagamento aos beneficiários do INSS seja reajustado com base na inflação. A previsão mais recente do governo federal é de que o piso nacional seja corrigido em 6,54%. Dessa maneira, o repasse mínimo deve subir para R$ 1.292 para o próximo ano.

É importante ressaltar que na Lei das Diretrizes Orçamentárias de 2023 foi utilizado um percentual mais alto. De acordo com o referido documento, a correção seria de 6,77%, o que elevaria o salário mínimo a R$ 1.294.

Contudo, esses valores são apenas estimativas do Governo Federal, e as quantias oficiais serão divulgadas a partir do mês de janeiro. Isso porque, inicialmente, será necessário fechar o índice de inflação de 2022, que será a base dos reajustes.

Leia também


você pode gostar também

Auxílio Brasil dobrado em dezembro: veja quem pode receber até R$ 1,2 mil

Auxílio Brasil dobrado em dezembro é uma possibilidade para pessoas que cumprirem regras específicas do programa.

BPC bloqueado ou suspenso? Saiba como reativar o benefício de R$ 1,2 mil

Falta de atualização cadastral é um dos principais motivos para o bloqueio do benefício, pago a um grupo específico de contribuintes previdenciários.

Aposentadoria: saiba quem tem direito ao adicional de 25% no valor

Alguns aposentados do INSS têm direito a receber um adicional de 25% no valor de seus benefícios mensais. Veja como funciona essa regra.

BPC: saiba se o benefício pode ser acumulado com aposentadoria

Por ter natureza assistencial, o BPC gera algumas dúvidas em seus beneficiários. Uma delas é se o benefício pode ser acumulado com aposentadoria. Se você também tem essa dúvida, confira neste texto a resposta.

Minha Casa Minha Vida: comissão aprova projeto para renegociação de dívidas

O objetivo do projeto é oferecer aos beneficiários a oportunidade de regularizar sua situação com descontos sobre multas e juros moratórios. Descubra neste texto o que falta para o projeto virar lei.

Salário-Maternidade Urbano do INSS: veja regras oficiais e como solicitar

Benefício é cedido a pessoas que precisam se afastar do trabalho ao completarem uma gestação e em outras situações como adoção, por exemplo.