Quem tem direito à bolada do abono PIS/Pasep em 2022? ATÉ R$ 2,3 MIL

Valores são referentes ao dinheiro não retirado dos anos-base 2019 e 2020, e a soma dos dois pode chegar a até R$ 2,3 mil.

Trabalhadores inscritos no PIS/Pasep devem ficar atentos à bolada do abono dos programas, que pode chegar até R$ 2,3 mil. Por meio do benefício, são realizados pagamentos de valores de forma anual. Neste sentido, o abono “duplo” faz referência aos pagamentos dos anos-base 2019 e 2020.

No momento, pelo menos 10 milhões de pessoas possuem valores a resgatar no fundo. Deste total, 470 mil possuem direito ao abono do ano-base 2020, e 320 mil ao abono do ano-base de 2019. Só o PIS de 2020 pode chegar a R$ 1.212, enquanto o de 2019 chega a R$ 1.100.

A soma faz referência ao salário-mínimo vigente na época dos abonos, mas o valor depende dos meses em que o trabalhador teve a carteira assinada. Deste modo, é necessário ter tido, em algum destes anos, pelo menos 30 dias de registro na carteira. É possível fazer a retirada do dinheiro até 29 de dezembro de 2022 em ambos os casos.

Seja como for, é importante lembrar que cada repasse possui regras específicas.

Abono PIS/Pasep do ano-base 2020

O pagamento do abono PIS/Pasep do ano-base de 2020 foi iniciado no começo deste ano pelo governo federal. Até então, milhões de pessoas já utilizaram o dinheiro, mas restam 470 mil para sacar o recurso. Em relação às exigências para depósito, é preciso se atentar e cumprir os seguintes detalhes:

  • Estar inscrito no PIS/Pasep há pelo menos cinco anos;
  • Estar registrado na Relação Anual de Informações Sociais (Rais) ou no eSocial;
  • Ter trabalhado por pelo menos 30 dias no ano-base de 2020;
  • Receber, em média, até dois salários mínimos.

Vale lembrar que trabalhadores que sejam empregados domésticos ou que não estejam registrados como empregados por uma pessoa física não podem receber os valores. Para fazer a consulta, é preciso acessar o aplicativo da Carteira de Trabalho Digital.

De acordo com a Resolução 838, de 2019, fica determinado que os valores do abono não recebidos em vida por seus titulares ficam assegurados aos dependentes ou sucessores legais.

Abono PIS/Pasep do ano-base 2019

Já no caso do abono do ano-base 2019, os valores não foram sacados por cerca de 300 mil pessoas. Deste modo, o governo decidiu dar uma segunda chance de retirada para todos os trabalhadores. O dinheiro, que chega a um total de R$ 1.100, salário mínimo do ano vigente, pode ser solicitado por meio das seguintes formas:

  • Aplicativo: pelo app da Carteira de Trabalho Digital;
  • Telefone: ligando para o número da Alô Trabalho, 158;
  • E-mail: enviando um e-mail para trabalho.uf@economia.gov.br. É preciso trocar o termo “uf” para a sigla do estado de residência do trabalhador. No caso de Goiás, por exemplo, o endereço fica trabalho.go@economia.gov.br. Só é preciso solicitar o repasse no corpo da mensagem.
  • Presencialmente: para fazer a solicitação presencialmente, é necessário ir até uma unidade da Superintendência do Ministério do Trabalho e Previdência com o PIS/Pasep em mãos, bem como um documento de identidade.

Como fazer o saque

No geral, trabalhadores que tenham conta-corrente ou caderneta poupança na Caixa Econômica e no Banco do Brasil já recebem o crédito diretamente em suas contas. Os demais devem procurar os bancos para o saque, tendo em mãos um documento de identificação oficial com foto e o número do PIS/Pasep.

É possível conferir o número do PIS/Pasep no site do Meu INSS, no Cadastro Nacional de Informações Sociais (CNIS) e nos aplicativos FGTS ou Caixa Trabalhador.

Leia também


você pode gostar também

Auxílio de R$ 3 mil será pago AINDA em setembro; veja público atendido

Cerca de 154,6 mil caminhoneiros fizeram o registro e, se atenderem aos requisitos do benefício, receberão o valor acumulado e retroativo.

Pente-fino do Auxílio Brasil: quem pode perder o benefício em outubro?

Famílias com dados desatualizados ou inconsistentes podem ser excluídas do Auxílio Brasil após pente-fino do Ministério da Cidadania.

Auxílio-inclusão de R$ 606: governo confirma NOVOS beneficiários

Autorização do Ministério do Trabalho permite que mais pessoas tenham direito ao auxílio-inclusão de R$ 606. Novos beneficiários podem pedir os valores pela internet.

CadÚnico tem direito ao Kit Antena Digital; saiba com obter o equipamento

O Kit Antena Digital é um direito de todas as famílias cadastradas no CadÚnico, que tenham uma antena parabólica da versão antiga.

BPC: qual é o período máximo para análise e concessão de R$ 1,2 MIL?

O período máximo para análise e concessão dos pagamentos mensais do BPC por parte do INSS foi atualizado em junho deste ano, a partir do acordo feito com o STF.

Trabalhou entre 1971 e 1988? Bolada do PIS/Pasep está disponível para saque

De acordo com a Caixa Econômica Federal, a bolada do PIS/Pasep totaliza R$ 24,6 bilhões em recursos destinados para quem trabalhou entre 1971 e 1988.