Quer receber 25% de AUMENTO na aposentadoria? Veja quem tem direito

A solicitação do aumento na aposentadoria requer que o segurado passe por perícia médica para verificar sua condição.

O Instituto Nacional do Seguro Social (INSS) permite que alguns aposentados recebam 25% a mais em seus benefícios mensais. Esse aumento na aposentadoria deve ser solicitado por telefone ou pela internet, na plataforma do Meu INSS. O serviço é oferecido de forma totalmente gratuita.

“O atendimento deste serviço será realizado à distância, não sendo necessário o comparecimento presencial nas unidades do INSS, a não ser quando requisitado para eventual comprovação ou realização de perícia médica“, explica o órgão. Entenda mais sobre o benefício na matéria abaixo.

Quem tem direito ao aumento na aposentadoria?

aposentadoria por invalidez, solicitar aposentadoria por invalidez
Foto: montagem / Wikimedia Commons – Pixabay

Trabalhadores que se aposentaram por invalidez podem solicitar o excedente de 25% desde que precisem da ajuda de outras pessoas para realizar atividades cotidianas, como tomar banho e se alimentar. Esse ajudador pode ser um enfermeiro contratado ou algum familiar.

É possível pedir o aumento na aposentadoria tanto se você já recebe os valores mensais do INSS ou se ainda está em avaliação. No caso da modalidade de incapacidade permanente, é necessário passar por perícia médica realizada pelo próprio órgão. Pelas regras, o percentual a mais é acrescido em casos de:

  • Cegueira total;
  • Perda de nove ou 10 dedos das mãos;
  • Paralisia dos dois braços ou das duas pernas;
  • Perda das pernas desde que não seja possível usar prótese;
  • Perda de uma das mãos e de dois pés, mesmo que haja possibilidade de utilizar prótese;
  • Perda de um braço e uma perna, quando não for possível usar prótese;
  • Alteração das capacidades mentais com grave perturbação da vida orgânica e social. Ou seja, quando a pessoa tem dificuldade em organizar o pensamento, o raciocínio e de tomar decisões para fazer as atividades de vida diária e sociais sem auxilio;
  • Doença que deixe a pessoa de cama;
  • Incapacidade permanente para as atividades da vida diária.

Como solicitar o aumento de 25% na aposentadoria?

Interessados em obter o acréscimo no benefício mensal podem fazer a solicitação pelo telefone, ligando para a Central de Atendimento no número 135. De acordo com o INSS, o tempo de espera do serviço é de cinco minutos para ser atendido. Outra possibilidade é por meio do portal Meu INSS, conforme o passo a passo a seguir:

  1. Faça login na plataforma com CPF e senha cadastrados no Gov.BR (se não tiver conta no site, pode criar uma na mesma hora);
  2. No menu, escolha a opção “Novo Pedido” e, depois, digite o nome do benefício que você quer solicitar;
  3. Na lista que for apresentada, selecione o acréscimo de 25%;
  4. Leia as informações que aparecerem na tela e siga as instruções do portal.

Ao pedir o aumento na aposentadoria, é importante ter o número do CPF do titular. Caso o procedimento seja feito por um procurador ou representante legal, este deve ter a procuração ou o termo de representação legal em mãos, bem como documento de identificação.

Quanto tempo demora a resposta do pedido?

Após realizar todas as etapas à distância, o segurado deverá comparecer a uma unidade do INSS para realizar a perícia médica portando seu documento de identidade, laudos médicos e exames originais. A data, o local e o dia serão definidos pelo próprio Instituto. Nessa fase, o tempo de espera dura cerca de 30 minutos.

Assim que a avaliação for finalizada, a Previdência Social tem até 45 dias úteis para informar se o aumento na aposentadoria será concedido ou não. O beneficiário pode acompanhar o processo e conferir a resposta na área de “Consultar Pedidos” do Meu INSS.

Leia também


você pode gostar também

Auxílio de R$ 3 mil será pago AINDA em setembro; veja público atendido

Cerca de 154,6 mil caminhoneiros fizeram o registro e, se atenderem aos requisitos do benefício, receberão o valor acumulado e retroativo.

Pente-fino do Auxílio Brasil: quem pode perder o benefício em outubro?

Famílias com dados desatualizados ou inconsistentes podem ser excluídas do Auxílio Brasil após pente-fino do Ministério da Cidadania.

Auxílio-inclusão de R$ 606: governo confirma NOVOS beneficiários

Autorização do Ministério do Trabalho permite que mais pessoas tenham direito ao auxílio-inclusão de R$ 606. Novos beneficiários podem pedir os valores pela internet.

CadÚnico tem direito ao Kit Antena Digital; saiba com obter o equipamento

O Kit Antena Digital é um direito de todas as famílias cadastradas no CadÚnico, que tenham uma antena parabólica da versão antiga.

BPC: qual é o período máximo para análise e concessão de R$ 1,2 MIL?

O período máximo para análise e concessão dos pagamentos mensais do BPC por parte do INSS foi atualizado em junho deste ano, a partir do acordo feito com o STF.

Trabalhou entre 1971 e 1988? Bolada do PIS/Pasep está disponível para saque

De acordo com a Caixa Econômica Federal, a bolada do PIS/Pasep totaliza R$ 24,6 bilhões em recursos destinados para quem trabalhou entre 1971 e 1988.