Calendário Auxílio de R$ 710: confira datas de pagamento da NOVA rodada

Famílias de baixa renda podem ser contempladas por dois programas sociais do governo e receber Auxílio de R$ 710 no calendário de outubro.

Uma nova rodada do auxílio de R$ 710 deve ser liberada no próximo mês. O valor do benefício é a somatória da parcela de R$ 600 do Auxílio Brasil e do pagamento de, mais ou menos, R$ 110 do Auxílio Gás que devem ser repassados em outubro. Inclusive, o calendário Auxílio de R$ 710 já têm datas previstas.

Leia também

É importante ressaltar que o Auxílio Brasil é transferido todos os meses para famílias de baixa renda e o cronograma de setembro será iniciado no dia 19 (segunda-feira). Já o Auxílio Gás tem depósitos bimestrais e foi pago pela última vez em agosto.

Para outubro, os dois benefícios devem seguir as mesmas datas de pagamento e, por isso, poderão ser acumulados, caso as famílias estejam elegíveis a ambos os benefícios.

Calendário Auxílio de R$ 710 para outubro

Algumas famílias que cumprem os requisitos de ambos os programas podem receber as parcelas juntas, somando cerca de R$ 710, em outubro.

Nesse sentido, é válido saber que o Auxílio Gás segue o mesmo sistema de repasse do Auxílio Brasil e escalona os beneficiários de acordo com o dígito final do Número de Identificação Social (NIS).

Dessa forma, são realizadas transferências nos 10 últimos dias úteis do mês. Segundo o Ministério da Cidadania (MC), o calendário Auxílio de R$ 710 deve contar com os seguintes dias:

  • NIS 1: 18 de outubro de 2022;
  • NIS 2: 19 de outubro de 2022;
  • NIS 3: 20 de outubro de 2022;
  • NIS 4: 21 de outubro de 2022;
  • NIS 5: 24 de outubro de 2022;
  • NIS 6: 25 de outubro de 2022;
  • NIS 7: 26 de outubro de 2022;
  • NIS 8: 27 de outubro de 2022;
  • NIS 9: 28 de outubro de 2022;
  • NIS 0: 29 de outubro de 2022.

Como receber o Auxílio de R$ 710?

auxílio gás, auxílio brasil, auxílio gás e auxílio brasil, vale-gás, vale-gás auxílio brasil
Foto: montagem / Pixabay – Canva PRO

Conforme dito anteriormente, o valor de R$ 710 é a soma entre dois programas sociais do governo federal. Tanto Auxílio Brasil como o Auxílio Gás são gerenciados pelo Ministério da Cidadania, pagos pelo Caixa Tem e voltados para ajudar famílias em situação de vulnerabilidade social.

No entanto, cada benefício tem requisitos próprios que precisam ser cumpridos. Nos casos em que as famílias estiverem dentro dos critérios de ambos, serão consideradas elegíveis para as duas parcelas juntas. Dessa forma, poderão receber Auxílio de R$ 710 no calendário de outubro. Confira como funciona cada programa:

Regras do Auxílio Brasil

O Auxílio Brasil é pago mensalmente para famílias inscritas no CadÚnico que tenham, em sua composição, mulheres gestantes, mães que amamentam e crianças, adolescentes e jovens de até 21 anos incompletos. Pelas regras oficiais, essas famílias devem viver em situação de:

  • Extrema pobreza, com renda mensal de até R$ 105 por pessoa; ou
  • Pobreza, com renda mensal de R$ 105,01 até R$ 210 por pessoa.

Vale ressaltar que em outubro será repassada a terceira parcela na quantia média de R$ 600. Esse valor constitui uma ampliação temporária do benefício, previsto para terminar em dezembro de 2022. A previsão para 2023 é de que a parcela volte para os R$ 405 mensais.

Regras do Auxílio Gás

O Auxílio Gás é um repasse bimestral, ou seja, é feito uma vez a cada dois meses e contempla famílias de baixa renda. De acordo com as normas do programa, para receber as parcelas é preciso ser membro de:

  • Família inscrita no CadÚnico, com renda mensal de até meio salário mínimo (R$ 606 hoje) por pessoa;
  • Família que tenha em sua composição alguma pessoa que receba o Benefício de Prestação Continuada (BPC).

Originalmente, o programa deposita 50% do preço de um botijão de gás de 13kg para cada família inscrita. Contudo, com a aprovação da PEC Kamikaze, o valor foi aumentado para 100% do produto temporariamente. O último repasse cheio está previsto para o mês de dezembro.

A quantia transferida do Auxílio Gás é determinada pela Agência Nacional de Petróleo, Gás Natural e Biocombustível (ANP) antes de cada rodada. O cálculo é uma média dos preços do botijão de gás de cozinha em todo o país. Sendo assim, pode variar entre um pagamento e outro.

No mês de agosto, foi feito o primeiro repasse ampliado na quantia de R$ 110. A expectativa é de que as transferências de outubro sigam um valor parecido. Por isso, quem tiver direito ao Auxílio Gás e ao Auxílio Brasil juntos poderá receber auxílio de, em média, R$ 710.

Novo valor oficial do Auxílio Gás somente será divulgado no mês de outubro.

Leia também


você pode gostar também

Saque triplo do PIS/Pasep pode ser feito neste mês; veja quem tem direito

Valores são referentes ao dinheiro não retirado dos anos-base 2019 e 2020, além das cotas do extinto Fundo PIS/Pasep.

Afinal, 14º salário do INSS sairá para aposentados ainda neste ano?

O 14º salário do INSS é um Projeto de Lei que visa beneficiar segurados impactados pela crise econômica ocasionada durante a pandemia.

Quem poderá perder o benefício do INSS em outubro? Veja regras do pente-fino

Aposentados e pensionistas do INSS serão convocados para passar por pente-fino de verificação da elegibilidade e algumas pessoas podem perder o benefício.

Pente-fino do BPC: veja quem poderá ficar sem as parcelas de R$ 1,2 MIL

O pente-fino do BPC também deve revisar outros benefícios por incapacidade, bem como demais aposentadorias do INSS.

Empréstimo Auxílio Brasil: veja regras, valor máximo e taxa de juros

O Empréstimo Auxílio Brasil consiste numa modalidade do empréstimo consignado para os beneficiários do programa social, com desconto das parcelas na folha do benefício.

Novo saque FGTS é liberado pela Caixa; veja valores e quem recebe

O novo saque FGTS liberado pela Caixa Econômica Federal atende os brasileiros que optaram pela modalidade do Saque-Aniversário e nasceram no mês de outubro.