Tem direito ao abono PIS/Pasep 2021? Veja como consultar pelo CPF

A consulta do abono salarial será disponibilizada oficialmente quando o benefício for confirmado pelo Governo Federal, mas existem diversos canais para acesso do público.

Em primeiro lugar, as consultas do abono PIS/Pasep 2021 ficarão disponíveis quando o benefício trabalhista for oficialmente disponibilizado. A princípio, as transferências deveriam ter acontecido no segundo semestre deste ano, mas foram prorrogadas por conta do remanejamento orçamentário do Governo Federal.

Leia também

Sendo assim, não existem informações oficiais sobre o cronograma de pagamento, assim como as datas específicas para que os trabalhadores acessem o abono salarial. Porém, as regras do benefício são as mesmas para todos os anos, assim como os métodos de consulta por meio do CPF. Confira mais a seguir:

Como consultar o abono PIS/Pasep pelo CPF?

A consulta do PIS/Pasep pode ser realizada por meio do telefone da Previdência Social, no número 135. Neste caso, é necessário entrar em contato com um atendente e informar os dados pessoais, incluindo o CPF, para confirmar a identidade e garantir segurança na consulta.

O atendimento da Previdência Social fica disponível de segunda a sábado, entre 7h e 22h. Além disso, o Ministério do Trabalho e da Previdência disponibiliza a Central Alô Trabalho para consultas do abono salarial, no número 158.

Porém, é possível consultar essa informação por meio de aplicativos e outras plataformas digitais. Os trabalhadores podem acessar o aplicativo da Carteira de Trabalho Digital, disponível para Android e iOS, consultando o número do PIS nos contratos registrados na plataforma.

Além disso, é possível conferir a mesma informação nos contratos cadastrados no aplicativo do FGTS, disponível para Android e iOS. A Caixa Econômica Federal oferece métodos de consulta em seu site, mas também no aplicativo Caixa Trabalhador, disponível para Android e iOS, e no aplicativo Caixa Tem, disponível para Android e iOS.

Os trabalhadores vinculados ao Pasep podem fazer a consulta por meio do site do Banco do Brasil, ou no internet banking da instituição. Caso necessário, pode-se ligar na Central de Atendimento do banco, nos números para capitais e regiões metropolitanas ou do interior.

O que se sabe sobre o abono PIS/Pasep de 2021?

Ainda que o abono salarial não tenha datas fixadas ou informações oficiais, existem regras de elegibilidade que são comuns ao direito trabalhista em todos os anos. Sendo assim, é fundamental que os trabalhadores se antecipem para manter as informações atualizadas, pois assim poderão solicitar os valores sem maiores problemas.

No geral, os profissionais devem:

  • Ter um período mínimo de atuação e trabalho durante 30 dias, com carteira assinada na empresa;
  • Estar com cadastro regular e atualizado no PIS/Pasep há pelo menos cinco anos;
  • Ter sido remunerado mensalmente com uma média de no máximo dois salários mínimos durante o ano-base do abono salarial;
  • Possuir os dados informados pelo empregador na Relação Anual de Informações Sociais ou pelo eSocial.

O cálculo dos valores a serem recebidos segue a proporção de tempo trabalhado durante o ano-base dos pagamentos. Para realizar esse cálculo, basta dividir o valor do salário mínimo por 12 e multiplicar pela quantidade de meses trabalhados, considerando sempre o salário mínimo vigente no território nacional durante o ano de pagamento do abono.

Leia também


você pode gostar também

Calendário INSS Setembro: 11 saques ainda serão liberados; veja datas

O calendário do INSS é dividido entre segurados que recebem o valor do piso nacional e aqueles que recebem acima dele.

Abono PIS/Pasep esquecido soma R$ 569,2 milhões; veja quem pode sacar

Beneficiários têm direito a receber, do abono PIS/Pasep, até R$ 1.212,00. Veja se possui algum valor esquecido.

Consulta do Auxílio Brasil de outubro será feita pelo CPF; saiba como

Mais de 20 milhões de brasileiros podem receber as parcelas em outubro. A consulta do Auxílio Brasil de R$ 600 será feita pelo CPF.

Recebe menos de R$ 1,6 MIL? Você pode ter direito ao salário-família

O salário-família é um direito trabalhista voltado para complementação de renda das pessoas que vivem com menos de R$ 1,6 mil por mês.

Quem tem direito ao FGTS esquecido de 2022? Montante é de R$ 9,2 bilhões

Os trabalhadores que ainda não movimentaram os valores referentes ao Saque Extraordinário têm direito a movimentar o FGTS esquecido até dezembro deste ano.

Casa Verde e Amarela: saiba como fazer simulação e participar do programa

O Casa Verde e Amarela oferece aos brasileiros a possibilidade de realizar uma simulação para conferir as condições de participar do programa habitacional do Governo Federal.