Calendário BPC de R$ 1,2 MIL: nova rodada é liberada; veja quem recebe

O calendário do BPC, programa assistencial mantido pelo Instituto Nacional do Seguro Social, já está em andamento para julho.

O Benefício de Prestação Continuada é um programa assistencial do Instituto Nacional do Seguro Social (INSS), destinado a grupos específicos de cidadãos. Neste sentido, é previsto pela Lei Orgânica da Assistência Social e atende idosos com mais de 65 anos, além de pessoas com deficiência de qualquer idade que sejam incapazes de sustentar a própria família. Confira, a seguir, o calendário completo de pagamentos do BPC.

continua depois da publicidade

Apesar de não ser um benefício previdenciário, como as aposentadorias e pensões do INSS, o pagamento do BPC segue o mesmo calendário das transferências dos demais programas do Instituto. Desse modo, a previsão é que os valores referentes a julho sejam transferidos até a primeira semana de agosto.

Pagamento BPC: calendário de julho

Os pagamentos do INSS seguem uma ordem de prioridade, começando pelos aposentados e pensionistas, e demais segurados, que ganham até um salário mínimo, como no caso do BPC/Loas.

Leia também

Confira o calendário do INSS (mês-base de julho) para que recebem auxílio de até um salário mínimo, incluindo os inscritos no BPC:

Dígito final do cartão do benefício

Data de pagamento

1

Já foi liberado

2

Já foi liberado

3

Já foi liberado

4

Já foi liberado

5

Já foi liberado

6

1 de agosto (nesta segunda-feira)

7

2 de agosto

8

3 de agosto

9

4 de agosto

0

5 de agosto

Quem tem direito ao BPC?

O BPC/Loas garante um salário mínimo por mês ao idoso com idade igual ou superior a 65 anos, e também às pessoas com deficiência de qualquer idade. No entanto, é preciso uma avaliação social e médica dos especialistas do INSS para comprovar oficialmente a situação e necessidade dos pagamentos.

As pessoas com deficiência, por exemplo, as condições precisam causar impedimentos de natureza física, mental, intelectual ou sensorial de longo prazo, correspondendo a um período mínimo de 2 anos.

Apesar de ser mantido pelo INSS, o BPC não corresponde a uma aposentadoria, pois não exige contribuição prévia com a Previdência Social, e não garante o 13º salário ou pensão por morte.

Portanto, confira quais os critérios de elegibilidade:

  • Ter inscrição regular e atualizada no CadÚnico;
  • Ser uma pessoa idosa de 65 anos ou mais, ou ter deficiência em qualquer idade, desde que a condição seja um impeditivo a longo prazo;
  • Contar com renda familiar menor ou igual a ¼ do salário mínimo vigente em território nacional, por pessoa;
  • Ser considerado elegível após uma avaliação social e médica com profissionais do Instituto.

A solicitação do benefício deve ser realizada junto aos canais de atendimento do instituto. Sendo assim, é possível entrar em contato pelo telefone 135, mas também por site ou aplicativo.

Leia também

Concursos em sua
cidade