Saiba como consultar o número do seu PIS usando apenas o CPF

Para acessar direitos e benefícios profissionais, os trabalhadores da iniciativa privada precisam informar o número do Programa de Interação Social, com consulta online e física.

O Programa de Integração Social (PIS) permite com que os trabalhadores da iniciativa privada tenham acesso aos benefícios trabalhistas e direitos profissionais, como o abono salarial, por exemplo. No geral, para consultar esses valores é necessário ter em mãos o número do PIS, disponível em documentos como contratos de trabalho e na própria carteira de trabalho.

Leia também

Entretanto, este número costuma ser utilizado em situações específicas, o que torna comum que ele seja esquecido. Comumente, esse código de identificação é gerado logo no primeiro emprego do profissional, ficando armazenado também nos extratos do Fundo de Garantia por Tempo de Serviço ou no Cartão Cidadão. Confira como consultar o número do PIS pelo CPF:

Como consultar o número do PIS através do CPF?

Em primeiro lugar, os profissionais podem consultar o número do PIS pelo telefone, entrando em contato com a central de atendimento da Previdência Social no número 135. Neste caso, o atendimento personalizado está disponível de segunda a sábado, entre 7h e 22h. O profissional precisa informar os dados cadastrais e solicitar a informação do número PIS.

Porém, a Caixa Econômica Federal, responsável pelos pagamentos dos benefícios trabalhistas, também disponibiliza a consulta pelo Caixa Cidadão, no telefone 0800 726 0207. A instituição possui atendimento eletrônico disponível 24h ao longo da semana, mas o atendimento personalizado acontece entre segunda e sexta, das 8h às 21h, assim como aos sábados, entre 10h e 16h.

Outra forma de consultar o número PIS através do CPF é utilizando os aplicativos. Neste caso, o profissional pode acessar essa informação em um dos contratos registrados na Carteira de Trabalho Digital, disponível para Android e iOS.

Além disso, como está presente nos extratos de pagamento do Fundo de Garantia do Tempo de Serviço, os trabalhadores também podem acessar pelo aplicativo FGTS, disponível para Android e iOS. Em contrapartida, pode-se consultar o número PIS diretamente pelo aplicativo Caixa Trabalhador e Caixa Tem.

Por fim, a consulta também está disponível pela internet, diretamente no site do Cadastro Nacional de Informações Sociais. Neste caso, é necessário clicar na aba “Cidadão” e preencher a inscrição no canto superior esquerdo do menu. Feito isso, selecione a opção “Filiado” e preencha os dados da mesma forma com que constam na carteira de trabalho e clique em “Continuar”.

Se os dados estiverem corretos, uma mensagem aparecerá na tela em vermelho confirmando que os dados estão inscritos na base de dados do sistema e informando o número do PIS.

Outra alternativa é consultar essa informação no site da Caixa e no portal do Meu INSS. Em ambos casos, é necessário que o profissional apresente as informações pessoais, e também alguns dados presentes na carteira de trabalho para realizar o cadastro. Posteriormente, basta realizar o login para encontrar essas informações no campo do usuário.

Leia também


você pode gostar também

Auxílio-inclusão de R$ 606 passa a ter novas regras; veja quem pode pedir

Portaria autorizou a adição de mais pessoas no auxílio-inclusão de R$ 606. Confira quem poderá ser beneficiado com o repasse.

Quem tem depressão pode receber o auxílio-doença em 2022? Veja regras

Segurados do INSS que precisarem ser afastados do trabalho temporariamente em razão de doença têm direito ao auxílio-doença.

Auxílio Brasil de R$ 600: veja calendário com últimos lotes de agosto

Auxílio Brasil de R$ 600 foi antecipado no mês de agosto. Por isso, os repasses já estão próximos do fim. Confira quem ainda recebe.

Empréstimo Auxílio Brasil: 17 bancos vão oferecer crédito; veja prazo para pedir

Milhões de pessoas poderão solicitar o empréstimo consignado do Auxílio Brasil. Diversas instituições financeiras já estão inscritas para oferecer o crédito.

Auxílio-doença do INSS 2022: veja valor e como solicitar o benefício

O benefício pode ser solicitado pelo site, através do aplicativo do Meu INSS ou diretamente pelo telefone, após avaliação médica e social com profissionais do instituto.

Quem pode obter inscrição no CadÚnico? Veja regras atualizadas

Famílias de baixa renda que ganham até meio salário mínimo por pessoa ou até 3 salários mínimos de renda mensal total devem estar inscritas no projeto.