Desempregados podem realizar o saque do FGTS de até R$ 1 mil?

As regras do saque FGTS exigem apenas que o trabalhador tenha conta vinculada ao Fundo de Garantia com saldo positivo.

A partir desta quarta-feira (20/04), vários brasileiros poderão realizar o saque FGTS extraordinário de até R$ 1 mil. De acordo com a Caixa Econômica Federal, responsável pelos pagamentos, mais de 40 milhões de pessoas devem ser beneficiadas.

O banco informou que o único critério é ter saldo positivo no Fundo de Garantia do Tempo de Serviço. Ou seja, todos os trabalhadores empregados formalmente, desempregados ou informais poderão ter acesso aos valores.

A quantia liberada pode variar conforme o dinheiro disponível na conta. Sendo assim, para sacar R$ 1 mil, é necessário ter pelo menos esse valor guardado.

Como vai funcionar o saque FGTS de até R$ 1 mil

O governo federal estima que serão utilizados cerca de R$ 30 milhões com essa liberação. Os trabalhadores não precisaram solicitar o saque FGTS de até R$ 1 mil, pois esse será depositado pela Caixa automaticamente em contas do Caixa Tem. Sendo assim, quem não quiser utilizar os valores no momento pode pedir o estorno.

O cancelamento do dinheiro deve ser feito por meio do app do Fundo de Garantia (Android e iOS) ou presencialmente em uma agência da Caixa. Se o valor já tiver sido depositado, o prazo para o desfazimento é até 10 de novembro.

Aqueles que não fizerem a retirada até 15 de dezembro também terão a quantia devolvida para a conta do Fundo. Vale ressaltar para os trabalhadores que ainda não tem conta no Caixa Tem, o banco irá abrir uma poupança digital de forma automática.

A autorização do saque FGTS para quem tem mais de uma conta será feita seguindo a ordem de prioridade:

  • Primeiro contas relativas a contratos extintos, começando pela de menor saldo;
  • Depois outras contas do Fundo, começando pela de menor saldo.

Calendário do saque FGTS: veja todas as datas

O dinheiro será liberado de acordo com o mês de nascimento dos trabalhadores. Dessa forma, os depósitos serão encerrados apenas em junho, conforme as datas abaixo:

  • Janeiro: 20 de abril de 2022;
  • Fevereiro: 30 abril de 2022;
  • Março: 04 de maio de 2022;
  • Abril: 11 de maio de 2022;
  • Maio: 14 de maio de 2022;
  • Junho: 18 de maio de 2022;
  • Julho: 21 de maio de 2022;
  • Agosto: 25 de maio de 2022;
  • Setembro: 28 de maio de 2022;
  • Outubro: 01 de junho de 2022;
  • Novembro: 08 de junho de 2022;
  • Dezembro: 15 de junho de 2022.

A consulta para saber se tem direito ao saque do FGTS de até R$ 1 mil pode ser feita pelo site ou app do órgão, ou numa agência da Caixa.

Leia também

você pode gostar também