CadÚnico 2022: confira novas regras e saiba se inscrever no Cadastro Único

Confira tudo o que é preciso saber sobre as mudanças do CadÚnico 2022. Além disso, veja como se registrar e fazer consultas.

O Cadastro Único do governo federal (CadÚnico) contempla milhões de beneficiários e serve como porta de entrada para diversos benefícios. Em 2022, os requisitos tiveram alterações por conta do salário mínimo. Confira as novas regras, como se inscrever e consultar o CadÚnico 2022.

Novas regras do CadÚnico

Como o salário mínimo foi reajustado, o CadÚnico 2022 sofreu com mudanças. Agora, os valores da renda foram ligeiramente alterados. Veja quem pode se registrar:

  • Famílias com renda de até meio salário mínimo per capita (R$ 606);
  • Famílias com renda total mensal de até três salários mínimos (R$ 3.636);
  • Pessoas com renda que ultrapasse os três salários mínimos (R$ 3.636), mas que se enquadrem em casos previstos em lei.

Como se inscrever no CadÚnico

A inscrição no CadÚnico deve ser feita em um Centro de Referência da Assistência Social (CRAS). É preciso que o interessado leve consigo o CPF ou Título de Eleitor. Também é exigido algum documento de cada uma das pessoas da casa. Serão aceitos:

  • Certidão de nascimento;
  • Certidão de casamento;
  • Carteira de trabalho;
  • Título de eleitor;
  • Registro Administrativo de Nascimento Indígena (caso seja a situação).

Como consultar o CadÚnico

A consulta do CadÚnico pode ser realizada de forma online, ao baixar o aplicativo Meu CadÚnico (Android e iOS) ou por meio do site do Cadastro Único.

Em ambos os casos, será necessário informar o login (CPF) e senha para entrar. É recomendável que a pessoa entre com o seu cadastro do gov.br. Caso não tenha uma, no próprio site ou app existe a opção de se criar uma nova gratuitamente.

Por fim, existe a opção para quem não tem acesso à internet. É só ligar para o telefone 0800 707 2003 (central da Caixa Econômica Federal).

Benefícios do CadÚnico

Confira os benefícios relacionados ao CadÚnico 2022:

  • Auxílio Brasil (antigo Bolsa Família);
  • Casa Verde e Amarela (antigo Programa Minha Casa, Minha Vida);
  • Bolsa Verde – Programa de Apoio à Conservação Ambiental;
  • Programa de Erradicação do Trabalho Infantil – PETI;
  • Fomento – Programa de Fomento às Atividades Produtivas Rurais;
  • Carteira do Idoso;
  • Aposentadoria para pessoa de baixa renda;
  • Programa Brasil Carinhoso;
  • Programa de Cisternas;
  • Telefone Popular;
  • Carta Social;
  • Pro Jovem Adolescente;
  • Tarifa Social de Energia Elétrica;
  • Passe Livre para Pessoas com Deficiência (PcD);
  • Isenção de taxas em concursos públicos (conforme a lei).

Leia também

você pode gostar também