Auxílio emergencial 2022 terá até 5 parcelas de R$ 600; calendário em breve

Pagamentos do auxílio emergencial em 2022 ainda não têm data para começar. Governo deve fazer anúncio nos próximos dias.

O governo federal informou que o auxílio emergencial 2022 terá até cinco parcelas. Os repasses serão de R$ 600, sendo destinados aos pais solteiros, que anteriormente não foram contemplados como parte de famílias monoparentais durante os pagamentos do benefício em 2020.

Originalmente, em 2020, o auxílio emergencial fez cinco pagamentos no valor de R$ 600. Depois, o governo fez um corte de beneficiados e pagou mais quatro parcelas de R$ 300. Por fim, em 2021, sete repasses foram realizados com valores variáveis.

Auxílio emergencial 2022: como será

Durante as cinco primeiras parcelas do auxílio emergencial, entre abril e agosto de 2020, todos os inscritos receberam R$ 600, exceto o grupo de mães solteiras, que ganhou o dobro (R$ 1.200).

Naquela época, o presidente Jair Bolsonaro barrou que pais solteiros recebessem a mesma quantia. Assim, eles ficaram com os R$ 600, como os demais beneficiários. No entanto, o Congresso Nacional conseguiu derrubar o veto, considerando que famílias monoparentais, sejam compostas só por um pai ou só por uma mãe, devem ser consideradas como semelhantes, portanto, tendo os mesmos direitos.

Por isso, segundo o Ministério da Cidadania, o dinheiro será pago a quem se inscreveu no auxílio emergencial que foi pago entre abril e agosto de 2020, justamente o equivalente a até cinco parcelas de R$ 600.

Vale ressaltar que, se a pessoa recebeu quatro parcelas de R$ 600 em 2020, ela receberá mais quatro em 2022 e assim por diante.

O Ministério da Cidadania ainda explicou que outras pessoas que tenham sido consideradas como responsáveis por uma família e que tenham consigo provar a situação, também receberão o dinheiro de forma retroativa (sejam homens ou mulheres).

Até a publicação da matéria, o calendário da nova sequência de pagamentos não foi liberado. Espera-se que, em breve, o governo federal faça o anúncio das datas e explicará a lógica dos repasses.

Leia também

você pode gostar também