Calendário INSS 2022 já está disponível; veja as datas de pagamentos

Divulgado oficialmente o calendário de pagamentos do INSS 2022. Os segurados já podem fazer seus planejamentos.

Os segurados que têm direito à aposentadoria, pensão, BPC ou auxílio-doença do Instituto Nacional do Seguro Social já podem conferir as datas de pagamento para o próximo ano. Até porque o calendário do INSS 2022 foi oficialmente liberado. De acordo com o instituto, existem 36 milhões de beneficiários atualmente no país.

O esquema de pagamento seguirá os mesmos critérios do ano em curso. Para aqueles que recebem um salário mínimo, os valores serão liberados entre os dias 23 de dezembro e 07 de janeiro de 2022. Para quem recebe benefícios acima do piso, os valores começam a ser liberados no dia 03 de janeiro de 2022.

Esses valores serão pagos ainda com base no salário mínimo de 2021.

Calendário do primeiro pagamento do INSS 2022

Quem recebe benefício de até um salário mínimo

Confira quais são todas as datas do primeiro pagamento referente ao calendário INSS 2022:

  • NIS final 1: 23 de dezembro de 2021;
  • NIS final 2: 27 de dezembro de 2021;
  • NIS final 3: 28 de dezembro de 2021;
  • NIS final 4: 29 de dezembro de 2021;
  • NIS final 5: 30 de dezembro de 2021;
  • NIS final 6: 03 de janeiro de 2022;
  • NIS final 7: 04 de janeiro de 2022;
  • NIS final 8: 05 de janeiro de 2022;
  • NIS final 9: 06 de janeiro de 2022;
  • NIS final 0: 07 de janeiro de 2022.

Quem recebe benefício acima de um salário mínimo

Aposentados e pensionistas que recebem repasses em valores maiores que um salário mínimo seguem o calendário do INSS 2022 abaixo:

  • NIS finais 1 e 6: 03 de janeiro de 2022;
  • NIS finais 2 e 7: 04 de janeiro de 2022;
  • NIS finais 3 e 8: 05 de janeiro de 2022;
  • NIS finais 4 e 9: 06 de janeiro de 2022;
  • NIS finais 5 e 0: 07 de janeiro de 2022.

Calendário completo de pagamentos do INSS 2022

Calendário INSS 2022
Foto: Divulgação / INSS

Reajuste nos valores do INSS em 2022

Os valores pagos pelo Instituto Nacional do Seguro Social têm como base o salário mínimo. A expectativa atual é que o mínimo seja reajustado em 10,04 % até o fim do ano e os benefícios seguirão o mesmo percentual. Apesar de não haver ganho real, esse será o maior aumento dos últimos seis anos.

Caso a projeção seja mantida, o piso nacional subirá de R$ 1.100,00 para R$ 1.210,44 no ano de 2022, que começará a valer no segundo pagamento do calendário do ano. Além disso, o teto da aposentadoria do INSS irá subir de R$ 6.433.57 para R$ 7.079,50.

Leia também

você pode gostar também