Auxílio Brasil: saiba como fazer e atualizar inscrição para receber novo Bolsa Família

Para fazer parte do Auxílio Brasil (novo Bolsa Família), será necessário ter um CPF válido e atender aos demais critérios. Entenda.

O governo federal pretende lançar um novo programa de transferência de renda. Denominado de Auxílio Brasil, ele deverá substituir os benefícios relacionados ao Bolsa Família. O presidente Jair Bolsonaro, inclusive, informou que o desejo será de conceder parcelas médias de R$ 300.

Entretanto, a proposta ainda não foi devidamente aprovada. Mas você já sabe o que fazer para ter direito ao Auxílio Brasil, especificamente quando ele for lançado? O principal critério para recebimento já foi anunciado pelo próprio governo federal. Para fazer parte do Auxílio Brasil, o interessado deverá estar vinculado ao CadÚnico.

Essa base de dados mapeia as pessoas que estão em situação de vulnerabilidade social no país. Por meio do CadÚnico, é possível identificar quais as medidas ainda devem ser implementadas para reduzir a desigualdade social. Em nossa matéria, você confere como fazer, consultar e atualizar sua inscrição no CadÚnico para receber o Auxílio Brasil.

Como se inscrever no novo Bolsa Família

Para fazer parte do Auxílio Brasil, será necessário ter um CPF válido, ser vinculado ao Cadastro Único (CadÚnico) e estar em situação de pobreza ou extrema pobreza. Os beneficiários do Bolsa Família, inclusive, deverão ser automaticamente incluídos na base de dados do Auxílio Brasil.

Haverá um processo de transição com benefícios compensatórios, tendo em vista as parcelas que os beneficiários já estavam recebem pelo Bolsa Família. Vale ressaltar que novas regras vão ser liberadas assim que o projeto sair do papel e for aprovado nas Casas Legislativas. O governo deseja liberar os pagamentos a partir de novembro de 2021.

Mas como é possível se inscrever no CadÚnico? Será necessário comparecer até o Centro de Referência de Assistência Social (CRAS) ou posto de atendimento do Cadastro Único do município. Os interessados deverão apresentar CPF ou Título de Eleitor, além dos seguintes documentos para os demais membros da família:

  • CPF;
  • RG;
  • Certidão de Nascimento;
  • Certidão de Casamento;
  • Carteira de Trabalho;
  • Título de Eleitor;
  • Registro Administrativo de Nascimento Indígena (Rani).

Um funcionário recolherá os documentos e fará todo o procedimento necessário. As atualizações dos cadastros também podem ser feitas no mesmo local.

Como consultar a inscrição no CadÚnico

Para consultar a sua inscrição, o cidadão deve seguir um dos seguintes passos:

  • Baixar o aplicativo “Meu CadÚnico” (iOS ou Android), informar o login e realizar a respectiva consulta;
  • Acessar o site de Assistência Social do governo brasileiro. Por lá, é possível tirar dúvidas sobre o CadÚnico.

Leia também

você pode gostar também

Utilizamos cookies e tecnologias semelhantes de acordo com a nossa política de privacidade e, ao continuar navegando, você concorda com estas condições. Aceitar Ler mais