Auxílio emergencial poderá ter mais parcelas até o final do ano? Entenda

O governo federal está analisando a possibilidade de lançar novas parcelas do auxílio emergencial em 2021. Entretanto, o Ministério da Economia quer priorizar o Auxílio Brasil.

O governo federal poderá autorizar o pagamento de novas parcelas do auxílio emergencial no fim deste ano. A previsão atual é de que os depósitos se encerrem no mês de outubro, dando início ao Auxílio Brasil em novembro.

Leia também

No entanto, de acordo com apurações do O Globo, o presidente Jair Bolsonaro está sendo aconselhado a liberar mais uma prorrogação. Sendo assim, as transferências seriam realizadas por meio de crédito extraordinário.

Novas parcelas do auxílio emergencial estão em discussão

A equipe econômica discorda da extensão do benefício, uma vez que a aposta é no substituto do Bolsa Família, o Auxílio Brasil. Contudo, o governo federal ainda não encontrou fontes de financiamento para a reformulação do programa.

Dessa forma, a saída mais fácil seria garantir novas parcelas do auxílio emergencial para a população vulnerável. Além disso, integrantes do governo acreditam que a medida pode ajudar com a popularidade de Bolsonaro.

Ao que tudo indica, o objetivo é fazer uma rodada de pagamentos em novembro fora do teto de gastos. Mas vale ressaltar que, com o processo de vacinação acontecendo, os números de contaminação e mortes por COVID-19 devem cair.

Isso significa que o critério de imprevisibilidade existente na Constituição para liberação da verba não exista mais. Logo, não haveria justificativa para novas parcelas do auxílio emergencial.

Calendário de saques do auxílio emergencial

Os pagamentos da quinta parcela foram encerrados nesta terça-feira (31/08) para quem tem NIS final 0 e nascidos em dezembro. O calendário do auxílio emergencial para o público em geral prevê datas para saque em espécie:

  • Nascidos em Janeiro: 01 de setembro de 2021;
  • Nascidos em Fevereiro: 02 de setembro de 2021;
  • Nascidos em Março: 03 de setembro de 2021;
  • Nascidos em Abril: 06 de setembro de 2021;
  • Nascidos em Maio: 09 de setembro de 2021;
  • Nascidos em Junho: 10 de setembro de 2021;
  • Nascidos em Julho: 13 de setembro de 2021;
  • Nascidos em Agosto: 14 de setembro de 2021;
  • Nascidos em Setembro: 15 de setembro de 2021;
  • Nascidos em Outubro: 16 de setembro de 2021;
  • Nascidos em Novembro: 17 de setembro de 2021;
  • Nascidos em Dezembro: 20 de setembro de 2021.

Assim que o cronograma para retirada do dinheiro se encerrar, a sexta parcela começará a ser depositada.

Leia também


você pode gostar também

Auxílio Brasil de dezembro: confira calendário oficial e valor das parcelas

O Auxílio Brasil é um programa de transferência de renda que atende as famílias vulneráveis. Confira calendário de dezembro e o valor das parcelas.

MEI também tem direito ao auxílio-doença; veja como funciona

Um cidadão MEI também tem direito ao auxílio-doença, desde que cumpra alguns requisitos. Confira quais são.

INSS: projeto prevê antecipação do benefício nos meses de janeiro

Proposta em tramitação na Câmara dos Deputados tem como objetivo aliviar o orçamento das famílias nos primeiros meses do ano e evitar endividamento.

Pente-fino do INSS tem início; veja quem pode ser afetado

O pente-fino do INSS ficará vigente por 180 dias. Quem for convocado e não cumprir com os requisito pode ter os benefícios bloqueados.

Calendário INSS novembro: novo grupo recebe benefício hoje (28)

Restam 12 pagamentos, conforme o calendário INSS de novembro. Segurados devem se atentar às datas de recebimento de suas parcelas.

13º salário 2022: primeira parcela deve ser paga até esta quarta, 30

O 13º salário 2022 é um direito de todos os trabalhadores formais, ou seja, que atuem em regime CLT.