Caixa Tem: o que fazer quando a conta estiver bloqueada?

O bloqueio do aplicativo pode acontecer preventivamente diante de suspeitas de fraude ou acesso irregular, mas poderá ser cancelado através do aplicativo ou nas agências da Caixa.

O Caixa Tem é o aplicativo da Caixa Econômica Federal que oferece diferentes funcionalidades para os clientes, desde pagamentos diretos na maquininha de cartão até transferências bancárias, pagamento por Pix e cartão de débito virtual para compras online. Disponível para Android e iOS, o cadastro é realizado gratuitamente na própria plataforma.

A princípio, o aplicativo surgiu para viabilizar o pagamento do Auxílio Emergencial durante a pandemia da COVID-19, mas posteriormente se tornou a principal plataforma para gerenciamento dos valores relativos a outros programas sociais do Governo Federal. Neste sentido, se assemelha a uma carteira digital, disponível para clientes da instituição financeira.

O que fazer quando a conta do Caixa Tem for bloqueada?

Em primeiro lugar, o bloqueio da conta pode ser realizado pela própria Caixa Econômica Federal, diante da suspeita de fraude ou quebra dos termos de uso do aplicativo. Além disso, a instituição limita o acesso a somente uma conta por celular para evitar a criação de diversos cadastros irregularmente.

Desse modo, o bloqueio é muitas vezes uma suspensão preventiva para evitar que as informações financeiras e o dinheiro dos clientes seja movimentado sem autorização. Porém, o desbloqueio pode ser realizado facilmente mediante solicitação através do WhatsApp.

O primeiro passo é acessar a conta com o CPF e senha, para posteriormente acessar a opção “Liberar Acesso” no menu de funcionalidades. Logo em seguida, o aplicativo irá encaminhar o usuário para um chat com respostas automáticas onde será gerado um link diretamente para o WhatsApp.

No aplicativo, o atendente irá orientar o cliente a apresentar os documentos pessoais digitalizados e legíveis para que possa haver o desbloqueio. Por meio dessa modalidade, o desbloqueio acontece entre 24h e 48h, segundo informações no site oficial da Caixa.

Em casos mais graves, é necessário ir presencialmente a uma das agências da Caixa para autorizar o desbloqueio no dispositivo cadastrado mediante atendimento personalizado com a equipe do banco. Neste caso, o desbloqueio deve acontecer dentro de 48 horas.

No geral, o desbloqueio é percebido quando o usuário tenta fazer login na plataforma, mas o aplicativo notifica que é necessário buscar uma das unidades da instituição financeira. Neste caso, o cliente precisa apresentar seu CPF e documento oficial com foto para comprovar a identidade e retomar o acesso ao aplicativo.

Para encontrar a agência mais próxima de você, basta acessar o site Encontre a Caixa e selecionar agências no tipo de atendimento. Logo em seguida, preencha com o estado que você mora e a cidade no campo seguinte. Por fim, clique em buscar para ver os endereços disponíveis na sua região.

Leia também

você pode gostar também