País terá frio intenso e chuva congelante na próxima semana? Entenda

Quedas intensas de temperatura, frio excessivo, “chuva congelante” e “erupção polar histórica” vêm por aí. Saiba se o seu estado será afetado.

Uma frente fria atípica com possibilidade de “chuva congelante” se aproxima do Brasil nos próximos dias. A previsão é de que as temperaturas sofram quedas acentuadas a partir da próxima segunda-feira, dia 16 de maio. Em algumas cidades do país, os termômetros podem ficar abaixo de zero. Fique por dentro de tudo.

Por que as temperaturas vão cair?

Segundo informado pelo Climatempo, empresa brasileira que realiza previsões meteorológicas, uma “massa polar” intensa estará se aproximando do país na próxima semana e será responsável por reduzir as temperaturas e reforçar o frio.

Esse fenômeno tem sido divulgado como uma “erupção polar histórica“. A previsão é de que isso ocorra principalmente entre os próximos dias 17 e 19.

continua depois da publicidade

Ao mesmo tempo, os brasileiros poderão sentir um aumento significativo na umidade do ar, causada por um ciclone extratropical que irá se posicionar no Oceano Atlântico nos próximos dias.

Como os estados serão afetados?

Para aqueles que sempre quiseram ver como é a neve, essa pode ser uma grande chance nos municípios da Serra Gaúcha e algumas cidades do centro de Santa Catarina, nos próximos dias 17 (terça-feira) e 18 (quarta-feira).

Se não for o caso de neve, uma chuva congelante poderá ocorrer nesses dias, ou seja, os sulistas poderão observar gotículas de água que se congelam ao tocar na superfície, em decorrência das baixas temperaturas.

Enquanto no Sul são esperadas temperaturas abaixo de zero, em São Paulo, a previsão é de temperaturas abaixo de 10 °C, com mínimas variando de 7 °C a 9 °C. A temperatura mais baixa registrada na capital do estado foi de 9,5 °C, em 2016.

As geadas, que ocorrem quando é formada uma camada de gelo nas superfícies por causa das baixas intensas de temperaturas quando a umidade do ar está alta, são previstas também para o Sul, mas podem atingir também o oeste paulista, o Mato Grosso do Sul e o sul de Minas Gerais.

A região Norte do Brasil não ficará de fora. Segundo o Instituto Nacional de Meteorologia, estados como Acre e Rondônia devem sofrer um episódio de “friagem”, ou seja, chegada de frentes frias.

De forma geral, a previsão é de que todo o país poderá ser afetado de alguma forma com a baixa nas temperaturas, seja em variações e quedas mais leves ou mais bruscas, todas indicando para sensação térmica de frio intenso.

Para consultar a previsão do tempo e o mapa meteorológico da sua cidade e estado, utilize a ferramenta do portal do Climatempo, clicando aqui.

Leia também

você pode gostar também