5 truques para acelerar os estudos faltando 3 meses para a prova

Se você é um concurseiro que procura uma forma de acelerar os estudos para as provas do certame, conheça cinco truques infalíveis.

Faltam apenas três meses para as provas do tão aguardado concurso público e você procura uma maneira de acelerar os estudos para garantir a sua aprovação? Está lendo o artigo certo. Selecionamos cinco dicas incríveis que podem te ajudar com essa missão.

Leia também

Siga todas elas à risca e aumente suas chances reais de começar uma carreira pública de sucesso. Afinal, todo esforço nessa fase é importantíssimo, certo?

Como acelerar os estudos faltando 3 meses para a prova

estudar faltando 3 meses para prova
Foto: Reprodução / Pixabay

1) Medite

Se você acha que a meditação só eficiente para quem precisa dar aquela aliviada no estresse e na tensão do dia a dia, está completamente equivocado. Para acelerar os estudos, é importante que o candidato reserve um tempo para se dedicar à meditação.

Por que? Pessoas que meditam com frequência conseguem aumentar o seu nível de concentração em até três vezes. Como a meditação interfere em nosso ritmo respiratório, acontece uma maior oxigenação em praticamente todas as áreas do cérebro.

Por isso, se você quer otimizar os estudos, faça meditação. Essa saudável prática também aumenta a sua capacidade de memorização, o que é sempre bem-vindo quando o assunto é estudar. Sendo assim, procure meditar por, pelo menos, 30 minutos por dia.

2) Adotar a prática distribuída pode acelerar os estudos

Uma outra maneira de acelerar os estudos para as provas do concurso é adotar a prática distribuída. O concurseiro deve organizar os seus estudos em pequenos intervalos de tempo ao longo do seu dia, ao invés de tentar aprender os assuntos estudando por várias horas seguidas.

Mas por que essa prática é tão eficiente? Sempre que você começa uma nova sessão de estudos, inevitavelmente, a sua memória é “reiniciada”. Quando o candidato pausa o seu aprendizado e começa novamente, na verdade ele está exercitando a sua capacidade de memorização.

Por mais que a prática distribuída seja uma tarefa um pouco mais complicada para a sua mente, o concurseiro vai conseguir memorizar os conteúdos com uma facilidade muito maior no dia a dia. Faça o teste e comprove.

3) Descubra a técnica de aprendizagem ideal para você

Se você precisa acelerar os estudos para as provas do concurso, deve descobrir a técnica de aprendizagem que mais combina com o seu estilo. O nosso cérebro é altamente complexo, por isso, a ciência já comprovou que não existe somente uma maneira de aprender.

Dessa forma, é fundamental que o concurseiro descubra qual é a técnica que mais aprimora a sua aprendizagem. Não adianta insistir com metodologias que não estão surtindo efeito positivo em seu nível de conhecimento.

Existem diversos métodos de aprendizagem. Cabe a você identificar a forma de aprender que mais achar conveniente e investir nela. Alguns concurseiros são mais “visuais”, já outros preferem aprender ouvindo. E há quem prefira aprender através da prática em si. Qual é o seu perfil?

4) Faça uma gestão eficiente do seu tempo

Não restam dúvidas de que o tempo é o principal aliado (ou inimigo) de todo concurseiro que deseja acelerar os estudos para as provas do certame. Por isso, ele precisa fazer uma gestão eficiente (e inteligente) do seu tempo disponível até a data marcada pelo edital.

Faltam apenas três meses para o grande dia? Priorize as matérias que têm maior peso ou que você tenha mais dificuldade de aprender. Uma boa gestão do tempo se traduz em administrar com sabedoria e sensatez esse precioso bem.

Não se esqueça de deixar “janelas” de tempo livre em seu cronograma de estudos, em casos de imprevistos. O concurseiro que faz uma gestão eficiente do seu tempo não precisa postergar atividades que promovem o seu aprendizado.

5) Cuidado com a curva do esquecimento

Ela é a inimiga número um de todo concurseiro que precisa acelerar os estudos. A temida curva do esquecimento acontece quando o candidato se esquece (ou negligencia) a revisão do conteúdo que acabou de aprender, o que o faz perder a capacidade de reter 100% das informações.

Por isso, mesmo que o tempo seja curto, não se esqueça de revisar periodicamente as matérias que você acabou de aprender, preferencialmente dentro das 24 horas seguintes após o primeiro contato com os assuntos.

O nosso cérebro descarta as informações que não usa com frequência. Por isso, quando o concurseiro aprende algo novo pela primeira vez e não revisa os assuntos de tempos em tempos, a tendência é que ele se esqueça de tudo o que aprendeu, pouco a pouco.

Leia também


você pode gostar também

7 profissões mais bem pagas para quem é organizado e ama rotinas

Se você faz questão de ter uma rotina diária e deixa a organização fazer parte da sua vida, conheça sete profissões para quem é organizado.

Estes 5 aplicativos acabam com a vida útil do seu celular; descubra quais

Com a diminuição da vida útil do celular, é comum que sua bateria dure cada vez menos. Conheça os aplicativos que podem prejudicar a vida útil do seu aparelho.

Viver mais: 5 hábitos simples que aumentam a sua longevidade

Os hábitos simples que aumentam a sua longevidade não só permitem que você viva mais, como também auxiliam no bem-estar, vida social, saúde e qualidade do envelhecimento.

Estes 9 carros não gastam muito combustível; veja os modelos

Se você preza mais pela economia que pelo desempenho e conforto, conheça nove carros que não gastam muito combustível.

7 coisas que são proibidas no Brasil e muita gente nem sabia disso

Costumes, comportamentos e aspectos culturais acabam determinando o conceito de certo ou errado. Confira, a seguir, 7 coisas proibidas no Brasil.

9 profissões de sucesso no Brasil e que já estão em alta neste ano

Sonha em decolar na carreira profissional? Conheça nove profissões de sucesso no Brasil que podem transformar isso em realidade.